SOCIAL MEDIA

Dia Nacional da Lasanha Eita que maravilha!

29 de junho de 2020

O prato é tão especial que tem um dia só para ele. Aprenda o passo a passo de duas receitas de lasanhas para comemorar de um jeito caseiro e cheio de sabor e amor

Lasanha-simples


Não há nada mais gostoso do que saborear uma deliciosa refeição. A famosa lasanha, item tradicional na mesa dos brasileiros, conquista diversos paladares por possuir um preparo extremamente versátil. A popularidade é tanta, que a receita ganhou uma data só para ela: o Dia Nacional da Lasanha é celebrado em 29 de junho. Conhecida por sua praticidade, pode ser preparada com recheios diversos, seja com carnes, queijos, legumes, entre tantas outras opções. Que tal aprender duas receitas cheias de detalhes que fazem a diferença para comemorar a data em casa?

Adria, ensina como preparar a deliciosa e elaborada Lasanha de costela com mandioca aqui no BLOG. A receita conta com a união da carne bovina e da mandioca, que dará origem a um sabor único. A outra opção é a Lasanha ao molho de brócolis com peito de peru, com composição mais simples, alternativa ideal para quem prefere uma refeição mais leve, mas saborosa.

Lasanha de Costela com Mandioca

Lasanha-simples


Modo de Preparo:

Recheio de Costela com Mandioca:

- Tempere a costela de boi com a cebola, alho, sal e pimenta-do-reino.
- Em uma panela de pressão, aqueça o óleo e coloque a costela temperada. Deixe fritar bem.
- Acrescente 1 litro de água, os tabletes de caldo de carne e deixe cozinhar por 50 minutos. Depois coloque a mandioca e deixe cozinhar por mais 15 minutos.
- Retire do fogo, desfie a costela e a mandioca. Reserve.
Molho Branco:
- Em uma panela média, aqueça a margarina e doure a farinha de trigo. Acrescente 2 litros de leite aos poucos, mexendo sempre para não empelotar.
- Acerte o sal, tempere com a pimenta-do-reino e a noz-moscada. Retire do fogo e reserve.


Molho de Tomate:
- Em uma panela média, aqueça o azeite, refogue a cebola e o alho. Coloque os tomates picados, polpa de tomatese 2 xícaras (chá) de água.
- Deixe apurar, acerte o sal e tempere com a pimenta-do-reino e o orégano. Retire do fogo e reserve.


Montagem:
- Em um refratário grande e fundo, monte a lasanha. Divida o molho branco e o molho de tomate em 3 partes, as tiras de lasanha em 4 e as fatias de mussarela e o recheio de costela com mandioca em 2.
- Alterne as camadas de molho e massa da seguinte forma: molho branco, fatias de mussarela, tiras de lasanha, molho de tomate, recheio de costela com mandioca, tiras de lasanha, molho branco, fatias de mussarela, tiras de lasanha, molho de tomate, recheio de costela com mandioca, tiras de lasanha, molho branco, molho de tomate e finalmente queijo parmesão ralado.
- Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (200 ºC) por 50 minutos. Para dourar a superfície, retire o papel-alumínio 10 minutos antes de finalizar o tempo.
Dica: Para a lasanha ficar perfeita, coloque as tiras sempre entre os molhos e não se esqueça de utilizá-los ainda quentes. Para cada 500 g de massa utilize no mínimo 3 ½ litros de molho. Querendo reduzir o tempo de preparo, deixe a lasanha montada por 10 minutos antes de levá-la ao forno.


Rendimento: 15 porções
Tempo de Preparo: 2 horas


Lasanha ao Molho de Brócolis com Peito de Peru

Lasanha-simples

Ingredientes:

1 embalagem de Lasanha Adria 500 g
1 cebola picada
12 tomates maduros picados, sem pele nem sementes
750 ml de polpa de tomate
1 maço de brócolis cozido, somente os buquês
1 xícara (chá) de queijo cremoso
150 g de peito de peru em fatias finas
150 g de mussarela em fatias
8 colheres (sopa) de azeite
5 dentes de alho picados
5 colheres (sopa) de margarina
5 colheres (sopa) de farinha de trigo
2 litros de leite
Sal, orégano, pimenta-do-reino, noz-moscada, salsinha picada e queijo parmesão ralado a gosto

Modo de preparo:


Prepare o molho de tomate:


- Em uma panela média, aqueça 5 colheres (sopa) de azeite e refogue 1 cebola e 3 dentes de alho. Acrescente 12 tomates, 750 ml de polpa de tomate, 2 xícaras (chá) de água e deixe apurar. Acerte o sal, tempere com orégano e reserve.

Prepare o molho de brócolis:

- Em uma frigideira pequena, aqueça 3 colheres (sopa) de azeite e refogue 2 dentes de alho. Junte 1 maço de brócolis, acerte o sal e tempere com salsinha. Mexa delicadamente e deixe refogar por 5 minutos.
- Em uma panela média, aqueça 5 colheres (sopa) de margarina e doure 5 colheres (sopa) de farinha de trigo. Junte 2 litros de leite aos poucos, mexendo sempre para não empelotar.
- Acrescente 1 xícara (chá) de queijo cremoso e mexa até derreter.
- Junte o brócolis refogado, acerte o sal, tempere com pimenta-do-reino, noz-moscada, misture bem e reserve.

Montagem:

- Monte a lasanha em um refratário grande e fundo. Divida o molho de tomate e o molho de brócolis em 3 partes, as tiras de lasanha em 4 e as fatias de peito de peru e mussarela em 2. Alterne as camadas de molho e massa da seguinte forma: molho de brócolis, fatias de peito de peru, tiras de lasanha, molho de tomate, fatias de mussarela e tiras de lasanha, terminando com o molho de tomate. Salpique o queijo parmesão ralado a gosto.

- Cubra com papel alumínio e leve ao forno médio (200 ºC) por 10 minutos. Para dourar a superfície, retire o papel-alumínio 5 minutos antes de finalizar o tempo. Retire do forno e espere 5 minutos antes de servir. No micro-ondas, deixe a lasanha cozinhando em potência alta por 5 minutos.

Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 1 hora

E ai gostaram? Me conta nos comentários o que vcs acharam?



Como eu mudei as paredes da minha cozinha gastando R$60,00!

24 de junho de 2020

Hello pessoas, como estão?

Essa semana resolvi mudar minha cozinha, há cinco anos moramos nessa casa e eu nunca havia modificado nada na cozinha desde quando pegamos na construtora. Como estamos em época de pandemia sem sair de casa, aproveitei para fazer essa reforma :)


ANTES cozinha
ANTES cozinha

Minha cozinha quando foi entregue pela construtora tinha esse azulejos horríveis e muito chatos para limpar. Eram brancos e mesmo colocando produtos alvejantes nada dos rejuntes ficarem mais claros. Isso me incomodava muito!

Depois cozinha
Depois cozinha

Então, conheci a Loja VIP 12 e gostei tanto que comprei várias coisinhas nela, inclusive o papel de parede autoadesivo que usei no projeto. Antes, fiz um teste com outro papel para ver se suportaria o calor do fogão. Comprei o rolo do papel de parede gastando R$60,00 apenas.


Decidi usar o restante para revestir todas as paredes da cozinha, amei o resultado. 

Depois

Claro que eu jamais conseguiria fazer sozinha, contei com a ajuda dessa super mulher que é minha irmã. Mãe solteira e mulher batalhadora, quem enfrenta tudo, inclusive se arriscar a colocar o papel de parede :)

Monica minha irmã

Minha baguncinha q amo


Claro que tenho que agradecer além da minha irmã, meu marido que sempre está disposto a me ajudar nas minhas loucuras. 

E ai o que acharam?



10 dicas para controlar a Ansiedade por Gesika Amorim

19 de junho de 2020
Em Tempos de Pandemia, Precisamos Cuidar de Nossa Saúde Mental e Emocional


Estamos vivendo tempos difíceis, é um fato. E em meio a esta pandemia, é muito normal o aumento dos níveis de ansiedade e estresse em todos nós, principalmente nos que já tem diagnóstico de ansiedade ou pânico.

Afinal de contas, quem nunca viveu uma crise de ansiedade, pelo menos uma vez na vida?

Por isso, a neuropsiquiatra, Gesika Amorim, especialista em saúde mental e neurodesenvolvimento, nos dá diversas dicas para ajudar a controlar a ansiedade neste momento nebuloso em que nossa sociedade vive.

Ela começa dizendo que o autoconhecimento é o primeiro passo para controlar qualquer crise que possamos ter. “Quando você sabe quem você é, sabe quais são as suas fraquezas, então você consegue trabalhar as suas crenças, para que elas não se tornem fontes geradoras de ansiedade”, diz.

A pessoa ansiosa tende a criar catástrofe em situações, por exemplo, ela consegue fazer uma formiguinha se parecer com um elefante, mas a partir do momento que ela conhece a si própria e conhece as suas crenças, então, ela começa a desmistificar isso.

A dica número 1 é a Terapia de Autoconhecimento


  1. Faça exercícios de respiração frente a qualquer manifestação clínica de ansiedade ou de episódio de pânico - Respire fundo, conte até 5, solte o ar lentamente contando de novo até 5 e então respire fundo mais uma vez prendendo o ar, conte até 5 e solta o ar lentamente e assim sucessivamente. Faça isso e comece a notar que tudo vai ficando claro a sua volta. Você vai se acalmando naturalmente.
  2. Pratique uma Atividade Física, pois as atividades físicas liberam endorfina e diminuem muito o estresse e a ansiedade, bem como ter um hobby, algo que te distraia.
  3. Faça alguma Terapia que seja desestressante, como a yoga
  4. Mantenha a sua rotina rígida, pois a desorganização causa muita ansiedade. Procure programar o seu dia de véspera. O inesperado pode ser um gerador de ansiedade. Ter seu dia programado, gera organização mental e reduz a ansiedade.
  5. Tenha um horário adequado para dormir. Não perca muito tempo assistindo televisão ou olhando o celular antes de dormir. Tome um banho quente, deite-se e se quiser, ouça sons da natureza, sons relaxantes, até dormir.
  6. Faça exercícios de meditação. Se gostar, aproveite os benefícios do Reiki, da musicoterapia, da quiropraxia e da acupuntura. Todas estas são excelentes técnicas para controlar a ansiedade.
  7. Não abuse do café, coca-cola ou qualquer produto rico em cafeína, pois eles são extremamente excitantes. Não é aconselhável também fazer uso de álcool antes dormir, pois cada indivíduo reage de um modo diferente.
  8. Evite alimentos gordurosos e de difícil digestão. Evite principalmente o glúten, o açúcar e o leite animal em excesso, pois eles podem ser geradores de substâncias tóxicas em indivíduos hipersensíveis piorando ainda mais os quadros de ansiedade e a qualidade do sono destas pessoas.
  9. Evite assistir noticiários e manchetes de jornais. Estamos vivendo tempos de muito sensacionalismo e isto abala muito a capacidade individual de analisar com clareza e objetivo as informações recebidas, gerando ansiedade e nas que já são ansiosas, o agravamento destas crises.
  10. Por último, se você sentir que sozinho não consegue dar conta e precisa de ajuda, não hesite em procurar um neuropsiquiatra. Você não precisa conviver com a ansiedade, pelo contrário, existe ajuda médica e profissional, portanto, não tenha receio e nem preconceito em procurar ajuda!

Esse artigo foi escrito por Doutora Gesika Amorim que é pediatra com ênfase em saúde mental e neurodesenvolvimento infantil. Neuropsiquiatra, pós graduada em psiquiatria, e neurologia clínica. É também referência no Tratamento de TEA- Transtorno do Espectro Autista com utilização de HDT – Homeopatia Detox – Tratamento Integral do Autismo E Medicina Integrativa .Encontre ela através das redes sociais:

Site: www.dragesikaamorim.com.br

Instagram: @dragesikaautismo