SOCIAL MEDIA

Sobre ser eu: GORDA OU MAGRA?

14 de dezembro de 2019
Hello pessoas, amo esse título e nem sem porque hahahaha

Hoje quero mostrar pra essa galera linda do Blog algumas reflexões que fiz no decorrer dessa semana.

Sempre que encontro algum amigo (a) eles sempre dizem... Nossa como você deu uma "desinchada". #sentaquelavemhistória


Eu não entendo o sentido de falar que a outra pessoa desinchou, porque não fala corretamente, emagreceu! O inchaço pode ser por várias coisas logo não faz sentido falar que a pessoa ta desinchada porque você pode estar falando que a gordura dela era uma doença. Aliás, porque os seres humanos sempre ligam a gordura a doença? 



Eu sou uma falsa magra, nunca escondi isso de ninguém e odeio quem me encontra e diz que desinchei. Eu sou educada pois caso contrário eu responderia: Desinchou do que? Olha fulano, não utilize essa expressão você vai acabar ofendendo alguém. 

Eu tenho uma vontade enoooooooorme de dar um sermão nessa galera. A pessoa que está acima do peso não merece menos que uma pessoa magra, até porque conheço um monte de pessoas magras cheia de doenças. Mas isso fica para um próximo texto. 


E mesmo antes de estar ou não na moda assumir as curvas, eu já me sentia bem com meu corpo e com as escolhas que faço para ele. Sempre gostei de corpos mais voluptuosos. Acho que as curvas contam mais histórias do que o preconceito que as pessoas exalam de suas bocas sem pensar. 

Meu corpo gerou três vidas que são minha paixão hoje. Minhas cicatrizes dizem muito sobre quem eu sou e sobre as coisas que passei. Minha saúde vai bem, ao contrário do que todo médico diz sobre gordo sempre ser doente. 

Outro dia aliás, fui com minha mãe ao médico e ele disse que o problema da pressão dela era devido ao peso, então eu disse que tinha analisado os exames e que vi uma alteração. Ele prontamente me respondeu que se o peso dela cair um pouco a pressão normaliza. 

Achei de uma estranheza mas pensei comigo... bom, ele deve saber o que está fazendo pois estudou muito para tá nessa cadeira. Logo após esse relato questionei sobre a outra médica que havia atendido minha mãe há um mês atras, e ele respondeu que ela tinha saído de licença maternidade e que agora era uma VACA LEITEIRA. 

Juro que ele usou essa expressão. Eu imediatamente levantei da cadeira e sai da sala, minha mãe ficou sem entender nada. O resultado disso é que um dia depois estava eu e minha mãe no UPA aqui em São Paulo com ela ruim e com a pressão oscilando e com o mal estar muito grande. 

O que me faz entender que os médicos de hoje em dia (não generalizando) sabem menos do que eu. Uma pobre jornalista. 

Um comentário :

  1. eu tbm sempre tive esse biotipo da falsa magra,mas com certeza tanto gordos quanto magros tem saude de problema igualmente

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Vamos trocar conhecimento, obrigada por comentar!